Esteira gasta muita energia? Saiba o consumo do aparelho

A caminhada é uma excelente forma de colocar o corpo em movimento e cuidar da saúde. Alguns minutos de exercício diário ajudam a promover o bem-estar e a melhorar o dia a dia em diferentes aspectos.

Na busca por praticidade ao fazer exercícios, a esteira elétrica é uma da principais alternativas para quem tem pouco tempo ou precisa da facilidade de um aparelho que permita se movimentar sem sair de casa. entretanto, uma dúvida frequente no momento de escolher e adquirir o produto é se uma esteira gasta muita energia ou não.

Para esclarecer essa questão e te auxiliar na decisão, neste post, falaremos tudo sobre o consumo de energia da esteira, além de orientações sobre a velocidade e as diferenças entre os tipos de esteira. Confira!

Esteira gasta muita energia?

O consumo de energia de uma esteira pode variar dependendo de diversos fatores. Entre eles, estão: o modelo escolhido, a potência do motor, a velocidade na qual ela é utilizada e até o peso das pessoas que usam o aparelho.

Esteira Dream Fitness Concept 2.5 em ambiente interno

Ou seja, para obter uma informação precisa, é recomendado que você avalie as características e as especificações técnicas fornecidas pelo fabricante.

Quantos kWh gasta uma esteira elétrica?

Dependendo de fatores como quantidade de vezes utilizada no dia e semana, velocidade escolhida e peso corporal médio, o valor será um.

Por exemplo, considerando uma pessoa de 80 kg usando a esteira a uma velocidade de 9 km/h é gasto em um consumo diário de 0,7 kw/h. Já um consumo diário em potência máxima, como 18 km/h, e ainda com um peso corporal de 80 kg, o consumo fica por volta de 1,48 kw/h.

Como economizar energia com esteira elétrica?

Assim como todos os outros eletrônicos e eletrodomésticos de sua casa, se a esteira elétrica não for comprada corretamente, o consumo pode ser exorbitante. Confira algumas dicas de como economizar energia com a esteira elétrica:

Esteira Dream Pro em ambiente interno

1. Escolha um modelo eficiente em energia

O primeiro passo é conferir se a esteira possui um certificado de eficiência energética, como o Selo Procel, indicando que o produto atende aos padrões reconhecidos de economia de energia. Além disso, um bom modelo requer um motor eficiente e sistemas de amortecimento que minimizam o atrito.

2. Desligue quando não estiver em uso

Quando você não estiver fazendo o uso da esteira, desligá-la da tomada pode ser uma prática simples e eficaz para economizar energia. Algumas esteiras possuem modo stand by, mas mesmo com ele ativo, elas continuam gastando energia. Ao desligá-las completamente, você evita o consumo desnecessário.

3. Faça manutenções regulares

A manutenção regular não só garante que a sua esteira consuma menos energia, como também prolonga a vida útil dela. Portanto, é um procedimento indispensável. Existem diferentes áreas do equipamento que são importantes, como a superfície. Garantir uma lubrificação regular faz com que o atrito e o desgaste sejam reduzidos.

Além disso, verifique se os sistemas eletrônicos da esteira estão com o funcionamento correto, como painéis e sensores, para evitar falhas que, consequentemente, podem levar a um consumo excessivo de energia.

4. Ajuste a velocidade e a inclinação

Se você está em busca de reduzir o consumo de energia, reduzir o nível de velocidade e inclinação — em níveis que ainda possibilitem um treino eficaz — é uma alternativa.

Qual velocidade da esteira gasta menos?

É difícil trazer uma resposta exata sem considerar o modelo de esteira, suas funcionalidades e o modo ou a frequência com que o aparelho é usado. Porém, utilizá-la em até 50% da sua potência pode ser uma boa prática para quem busca economia.

Se você usa a esteira para treinos leves ou está em processo de recuperação, manter esse ritmo será tranquilo. Caso contrário, pondere a eficiência do treino em relação à economia de energia e defina o que é mais importante.

Esteira Dream Energy 2.5

Você também pode se interessar por: O que é exercício aeróbico? Entenda a importância

Esteira elétrica × esteira mecânica: qual é a melhor?

Definir qual tipo de esteira é a melhor no seu caso envolve entender seus objetivos. Uma esteira mecânica não possui motor, e você precisa mover a lona ditando a velocidade com o peso do seu corpo. Isso permite que esse modelo seja mais barato e, em alguns cenários, mais simples de usar.

Já na esteira elétrica, o que faz a lona se movimentar de maneira automática é o motor — nesse caso, não é preciso se esforçar para movimentar a lona. O resultado é um consumo de energia ligeiramente maior. Além disso, esses aparelhos apresentam mais possibilidades de personalização de treino e funcionalidades de modo geral.

Resumindo, a esteira elétrica é mais conveniente, possui maior variedade de recursos e, por conta disso, um preço mais elevado. Por outro lado, as esteiras mecânicas apresentam um menor custo inicial, um funcionamento mais simples e um menor consumo de energia. Pese as vantagens e as desvantagens de cada uma e defina o que é prioridade para você.

Se você já fez suas pesquisas e decidiu pela esteira elétrica, confira o nosso post com as 5 melhores esteiras elétricas para ter em casa!

O que devo saber antes de comprar uma esteira elétrica?

Agora que você já sabe se uma esteira gasta muita energia ou não, existem alguns pontos que você deve considerar no momento de comprar a sua:

Esteira concept 1600 - Dream Fitness
  • Saiba o tipo de uso: será apenas para caminhar? Um modelo mais simples dará conta do recado. Porém, se você pretende correr na esteira e treinar mais pesado, escolha modelos com maior potência;
  • Confira a capacidade de peso suportada: algumas esteiras elétricas variam o peso máximo suportado. Então, procure um modelo no qual você possa andar ou correr sem medo;
  • Verifique o ambiente onde vai colocá-la: é importante que o ambiente tenha um espaço confortável para você subir e descer do aparelho. De preferência, escolha um local próximo à janela por conta da ventilação;
  • Veja o quanto de inclinação a esteira permite: esteiras elétricas que garantem uma simulação de inclinação são excelentes para diversificar os treinos.

Gostou do nosso conteúdo? Saber se uma esteira gasta muita energia depende de diversos fatores, mas nada que não fique claro na hora de comprar. Continue a visita no nosso blog e não deixe de ler o nosso post com dicas de como escolher o melhor modelo de esteira eletrônica!

Avalie este post
Leonardo Ferrari

Me chamo Leonardo Ferrari, e desde muito cedo tive a certeza que a fisioterapia era meu caminho. Sou formado há quase 20 anos pela
Universidade Luterana do Brasil – Ulbra, especialista em Gerontologia e Saúde do Idoso pelo Instituto de Administração Médicas e Ciências da Saúde do Rio Grande do Sul, e fisioterapia esportiva pelo Centro Universitário do Paraná –  Uninter. Durante minha trajetória profissional, pude vivenciar a rotina hospitalar e de consultório; porém ao longo da jornada senti a necessidade de contribuir na melhora da qualidade de vida das pessoas, pois muito daquilo almejava fazer, não atingia meus objetivos, ante a ausência de itens direcionados.

Foi assim que uni a minha formação com o empreendedorismo herdado da família; oferecendo uma visão sistêmica a partir dos princípios da fisioterapia, despertando a vontade da prática de atividade física com prazer e satisfação. 

Estamos vivendo uma era de mudanças comportamentais, buscando não somente a recuperação física, como a prevenção de doenças, autoestima e alcançando a tão sonhada qualidade de vida e longevidade. Convido vocês a embarcar juntos nessa jornada de evolução entre corpo e mente. Vamos? 

Compartilhe:

Deixe um comentário