Cardio antes ou depois do treino? Confira na Dream Fitness

Proporcionar resistência física, auxiliar na perda de peso e fortalecer o sistema cardíaco, são muitos os benefícios do exercício cardiovascular. Com várias possibilidades, o tipo de treino cardio deve ser escolhido conforme o objetivo do(a) aluno(a).

Por isso, é tão importante entender se o melhor momento do cardio é antes ou depois do treino. Uma dessas alternativas ajuda no ganho de massa muscular, e a outra pode atrapalhar o treino de musculação.

Mulher amarrando o tênis antes de iniciar o cardio do dia

Para você fazer uma escolha assertiva seguindo as suas prioridades, preparamos um conteúdo explicando qual o objetivo do cardio em cada uma das situações, também compartilhamos os benefícios da prática. Continue lendo para entender mais!

Cardio antes ou depois do treino: saiba quando fazer

Você faz musculação com o desejo de ganhar massa muscular ou, além desse objetivo, também está em um processo de emagrecimento? A resposta para essa pergunta é crucial na decisão de fazer cardio antes ou depois do treino. Entenda o porquê a seguir:

Esteira e elíptico magnético em uma academia

Cardio antes do treino

O exercício cardiovascular antes do treino deve ser feito quando o objetivo principal é a perda de peso. Outra vantagem do cardio antes do treino é o fortalecimento do sistema respiratório. Sendo ideal para quem deseja melhorar essa parte e criar maior resistência. Porém, se o seu objetivo é o ganho massa magra, evite que a prática anteceda a musculação.

Mulher correndo em uma esteira

Cardio depois do treino

Fazer cardio depois do treino é recomendado para quem planeja ganhar massa muscular. Quando realizado após a musculação, o exercício cardiovascular terá um estoque maior de energia para gastar, favorecendo a perda de gordura sem a diminuição de massa.

Mulher realizando um exercício para o braço

Inclusive, se está em busca de formas para perder gordura abdominal, confira este guia com dicas que preparamos para você.

Pode fazer cardio durante a musculação?

Sim. Além de fazer cardio antes ou depois do treino, ainda é possível realizar o exercício durante a musculação. De acordo com estudo da University of California, nos Estados Unidos, combinar musculação e aeróbico pode reduzir os riscos de morte.

Homem com peso na mão praticando algum exercício para tonificação do músculo

Os resultados da pesquisa enfatizaram, principalmente, a diminuição nos casos de mortes relacionadas a doenças cardíacas. Além disso, os treinos de circuito, como são chamados, proporcionam mais dinamicidade, contribuindo para que uma rotina de exercícios seja seguida.

Veja também: Alimentação saudável: saiba como tornar um hábito!

Como fazer cardio e não perder massa muscular?

Para que o cardio seja feito sem perder massa magra ou prejudicar seus ganhos, siga as seguintes recomendações:

  • Com a ajuda de um profissional, estabeleça uma dieta com as quantidades corretas de proteínas e carboidratos;
  • Para quem está em busca da hipertrofia muscular (aumento dos músculos), a recomendação é que o cardio tenha duração moderada, com média de 20 a 30 minutos;
  • Nessa situação, os exercícios de baixo impacto devem ser priorizados, porque os de alto impacto podem prejudicar as articulações e o desempenho durante o treino;
  • Claro, não deixe de praticar a musculação.
Mulher escutando música em seu fone e correndo em uma esteira

Ah, caso esteja no processo de ganho de músculos, confira o post que preparamos com dicas do que fazer para ganhar massa muscular.

Quais são os benefícios do exercício cardiovascular?

O cardio antes ou depois do treino conta com diversos benefícios. Não à toa, ele é tão recomendado pelos profissionais da saúde. Dentre as principais vantagens, confira quais são as 9 principais:

Homem no médico verificando se pode realizar atividade de cardio
  1. Melhora no controle da respiração;
  2. Ajuda na resistência física;
  3. Fortalecimento dos pulmões e da região cardíaca;
  4. Ganho de disposição para fazer exercícios e outras atividades no dia a dia;
  5. Contribui para perda de peso;
  6. Reduz o estresse;
  7. Auxilia no aumento de vitamina D;
  8. Melhora a circulação sanguínea;
  9. Ajuda na recuperação do corpo depois da musculação.

Para te ajudar a colocá-los em prática e incluí-los gradualmente na sua rotina, veja 10 ideias de exercícios de cardio que compartilhamos nesse conteúdo.

O que fazer antes de iniciar o treino cardio?

Antes de tudo, a recomendação é passar por um médico cardiologista antes de iniciar os exercícios cardiovasculares. Assim, será possível saber como está a saúde do seu coração, evitando futuros problemas relacionados à prática.

Outra dica é realizar o treino de cardio com o auxílio de um personal trainer. Esse profissional será responsável por avaliar a sua saúde e indicar a intensidade correta de cada exercício. Além de contribuir para a sua evolução durante essa atividade física e na musculação.

Personal trainer conversando com a sua aluna na academia

Para completar, atente-se aos alimentos consumidos antes do treino. Afinal, o objetivo é ter mais energia e não sentir um peso no estômago depois de uma refeição, prejudicando o seu desempenho durante o cardio. Como estamos aqui para te ajudar de forma ágil e completa, já preparamos uma lista de alimentos para comer antes do treino e ter mais energia. Confira!

Imagem com fruas e leguminosas que garantem uma refeição saudável

Agora, você está pronto(a) para decidir se deve fazer cardio antes ou depois do treino de musculação. Esperamos que este conteúdo tenha te ajudado e seja útil na conquista dos seus objetivos.

Bom treino, e até o próximo post!

Avalie este post
Leonardo Ferrari

Me chamo Leonardo Ferrari, e desde muito cedo tive a certeza que a fisioterapia era meu caminho. Sou formado há quase 20 anos pela
Universidade Luterana do Brasil – Ulbra, especialista em Gerontologia e Saúde do Idoso pelo Instituto de Administração Médicas e Ciências da Saúde do Rio Grande do Sul, e fisioterapia esportiva pelo Centro Universitário do Paraná –  Uninter. Durante minha trajetória profissional, pude vivenciar a rotina hospitalar e de consultório; porém ao longo da jornada senti a necessidade de contribuir na melhora da qualidade de vida das pessoas, pois muito daquilo almejava fazer, não atingia meus objetivos, ante a ausência de itens direcionados.

Foi assim que uni a minha formação com o empreendedorismo herdado da família; oferecendo uma visão sistêmica a partir dos princípios da fisioterapia, despertando a vontade da prática de atividade física com prazer e satisfação. 

Estamos vivendo uma era de mudanças comportamentais, buscando não somente a recuperação física, como a prevenção de doenças, autoestima e alcançando a tão sonhada qualidade de vida e longevidade. Convido vocês a embarcar juntos nessa jornada de evolução entre corpo e mente. Vamos? 

Compartilhe:

Deixe um comentário