Bicicleta ergométrica: quanto tempo devo fazer por dia?

Seja na academia ou em casa, as bicicletas ergométricas são equipamentos ideais para movimentar a musculatura do corpo e oferecer um estilo de vida mais saudável.

No entanto, é importante manter uma prática dessa atividade física ao menos 5 vezes por semana, entre 15 a 30 minutos para garantir resultados notáveis em seu corpo.

Além disso, é claro que seus limites devem ser respeitados e a intensidade dos treinos realizados deve ser realizada de acordo com seu nível e familiaridade com o equipamento, uma vez que existem diversas técnicas de exercícios que garantem bons resultados ao corpo.

Se você vem praticando exercícios frequentes em uma bicicleta ergométrica e quer saber melhor sobre a quantidade de tempo e qual o treino ideal, continue sua leitura neste post!

Quanto tempo de exercícios devo fazer na bicicleta ergométrica?

O tempo que deve fazer de exercícios na bicicleta depende do ritmo em que você vai pedalar no dia, podendo variar de um treino mais leve, porém mais longo, ou um mais pesado, com um tempo menor. A princípio, o tempo mais adequado fica por entre 15 a 30 minutos por dia.

Há também outros tipos de treinos que variam de acordo com o nível em que a pessoa se encontra. Por exemplo, pedalar 20 minutos na velocidade máxima e, em seguida, reduzi-la para conseguir chegar aos 30 minutos.

Dessa forma, você intercala tempo e velocidade, fazendo com que seu corpo se adapte a velocidades mais intensas. Conforme for pegando o ritmo e se aperfeiçoando no exercício, o ideal é aumentar a intensidade ou estender o treino.

Outro exemplo: ao notar que está há um tempo pedalando no ritmo médio e que seu corpo já é capaz de mais, você pode escolher pedalar por 50 minutos ou manter o tempo que já fazia, aumentando a intensidade para alta.

Quais os melhores treinos para fazer na bicicleta ergométrica?

Sempre que for iniciar a prática é importante fazer um aquecimento, podendo ser um alongamento antes de subir no aparelho. Assim que subir na bicicleta, começar com o ritmo mais lento durante um cinco minutos para seu corpo esquentar e ter uma execução melhor e sem dores ou cãibras que podem aparecer posteriormente.

Após o aquecimento, pode-se iniciar a prática com o ritmo médio de intensidade por cinco minutos e intercalar com o ritmo de alta intensidade durante dois minutos. Essa repetição pode ser feita por cerca de vinte minutos.

Desse modo, ao cronometrar o tempo pedalado em intensidades diferentes, faça o desaquecimento, pelando em intensidade leve novamente durante cinco minutos.

Mas, lembre-se, ao pedalar, policie bem sua postura na bicicleta, caso tenha alguma dúvida de como realizar o exercício corretamente, busque ajuda de um profissional.

Assim, você vai acostumando sua respiração e musculatura e vai desenvolvendo seu treino. Por consequência, ao longo do tempo, seu corpo irá queimar gordura e ainda contar com maiores níveis de massa muscular – especialmente na região das pernas. Tudo como benefício da bicicleta ergométrica.

Quais os músculos que a bicicleta ergométrica trabalha?

A musculatura do corpo que mais se beneficia dos treinos com as bicicletas ergométricas é a presente nos membros inferiores. Devido ao fato de ser a região que promove movimento ao equipamento, a musculatura inferior é fortalecida mais rapidamente em relação às outras partes do corpo, ganhando massa muscular e perdendo o excesso de gordura localizada.

No entanto, a bicicleta ergométrica também ajuda no funcionamento do corpo no geral. O ato de pedalar faz com que diversos outros músculos do corpo sejam estimulados.

E lembrando: caso você sinta muito cansaço ao realizar o exercício, não tenha receio de parar por um momento ou reduzir a velocidade e intensidade do treino, conforme mencionamos acima.

Além disso, conforme o treino adotado, é normal sentir dores musculares após os treinos, mas não nas articulações, esteja atento(a)!

Trata-se de dores razoáveis e que não devem se estender por muitos dias. Caso você esteja sentindo muita dor, mesmo treinando em pouco tempo ou em velocidade baixa, recomendamos que busque um médico para garantir que sua saúde esteja com tudo em dia.

Além disso, é importante consultar também um instrutor físico para garantir que seus treinos sobre sua bicicleta ergométrica estão sendo realizados da forma correta. Afinal, o propósito da bicicleta é ajudar a mantê-lo mais saudável e cuidar da saúde, certo?

O que você achou deste conteúdo? Esperamos que você tenha gostado e que tenhamos o ajudado a entender um pouco mais sobre o tempo e intensidade necessários para conseguir bons resultados em bicicleta ergométrica.

Agradecemos por ter lido até e o esperamos novamente aqui no blog da Dream Fitness para acompanhar nossos conteúdos sobre saúde física. Até mais!

4.3/5 - (Total de avaliações: 7)
Leonardo Ferrari

Me chamo Leonardo Ferrari, e desde muito cedo tive a certeza que a fisioterapia era meu caminho. Sou formado há quase 20 anos pela
Universidade Luterana do Brasil – Ulbra, especialista em Gerontologia e Saúde do Idoso pelo Instituto de Administração Médicas e Ciências da Saúde do Rio Grande do Sul, e fisioterapia esportiva pelo Centro Universitário do Paraná –  Uninter. Durante minha trajetória profissional, pude vivenciar a rotina hospitalar e de consultório; porém ao longo da jornada senti a necessidade de contribuir na melhora da qualidade de vida das pessoas, pois muito daquilo almejava fazer, não atingia meus objetivos, ante a ausência de itens direcionados.

Foi assim que uni a minha formação com o empreendedorismo herdado da família; oferecendo uma visão sistêmica a partir dos princípios da fisioterapia, despertando a vontade da prática de atividade física com prazer e satisfação. 

Estamos vivendo uma era de mudanças comportamentais, buscando não somente a recuperação física, como a prevenção de doenças, autoestima e alcançando a tão sonhada qualidade de vida e longevidade. Convido vocês a embarcar juntos nessa jornada de evolução entre corpo e mente. Vamos? 

Compartilhe:

Deixe um comentário